Siga o Portal do Holanda
SANTA CASA

Fametro compra um grande problema

Publicado

em

A Santa Casa não existia mais no momento do leilão no qual suas ruínas foram arrematadas pelo Grupo Fametro. Nos próximos dez meses - prazo para o grupo  pagar o lance de R$ 9 milhões dado ontem - nada poderá ser mexido no local. O prédio, de mais de 100 anos, é tombado pelo Patrimônio Histórico e esse pode ser o gargalo da Fametro para a construção de um hospital no local.

Se for exigido, como é regra,  que seja  mantida a arquitetura original e não apenas a conservação da fachada, o custo de restauro tornará o projeto inviável.

Manter as características espaciais e construtivas originais é um problema. Mas se essa exigência for de fato a regra adotada para o casarão fantasma da Santa Casa, a Fametro terá que reconstruir o salão nobre, o jardim, a escadaria de madeira, a  capela em estilo gótico, os pátios com  pisos importados,  entre outras propriedades originais do prédio.

Quem achou que o lance de R$ 9 milhões foi uma “bagatela”, considerando a avaliação do imóvel em R$ 15 milhões, está enganado. A Fametro não comprou um hospital, comprou um problema. E pagou caro.


+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.